Instalação e Configuração do MinIO

Salve Salve Pessoal!

Hoje vamos ver como podemos instalar e configurar o MinIO.

O MinIO é um sistema de armazenamento do tipo object storage, compatível com as features de API do S3 da AWS.

É um sistema  de alto desempenho, muito simples de instalar e usar, também é Kubernetes Native, ou seja, compatível com todas as soluções que usam kubernetes, seja em nuvens públicas ou ambientes on-primise.

O MinIO é um sistema definido por software, 100% de código aberto sob a licença GNU AGPL v3.

Para maiores informações sobre o MinIO acessem o link abaixo:

https://min.io/

Agora vamos ao que interessa. 😀

A instalação do MinIO pode ser feita de diversas formas, através de um Kubernetes Operator para ambientes Kubernetes, usando containers como Docker ou Podman, em sistemas operacionais Linux, Windows e macOS.

Para esse laboratório nós vamos fazer a instalação e configuração direto em um servidor Linux e vamos configurar ele como um serviço do systemd, nós podemos fazer a instalação usando o sistema de pacotes apt e rpm, porém vamos usar o binário.

1 – Faça o download do binário do MinIO.

# wget https://dl.min.io/server/minio/release/linux-amd64/minio

2 – Mova o binário para o /usr/local/bin.

# mv minio /usr/local/bin/

3 – Crie um usuário chamado minio-user.

# useradd -M -s /bin/false minio-user

4 – Configure a permissão para o usuário minio-user e de execução.

# chmod +x /usr/local/bin/minio
# chown minio-user: /usr/local/bin/minio

5 – Crie um diretório que será usado para o armazenamentos dos dados, pode ser um nome qualquer de sua escolha.

# mkdir /minio

6 –  Configure a permissão do diretório para o usuário minio-user.

# chown minio-user: /minio

7 – Crie o arquivo /etc/default/minio com os seguinte conteúdo.

MINIO_VOLUMES="/minio" (Diretório que será usado pelo MinIO para armazenar os dados)
MINIO_OPTS="--address :9199 --console-address :9001" (Portas web e console de acesso ao MinIO)
MINIO_ROOT_USER=administrador (Usuário com permissões de root/administrador do MinIO)
MINIO_ROOT_PASSWORD=[email protected] (Senha do usuário root/administrador)
MINIO_CONFIG_ENV_FILE=/etc/default/minio (configura o MinIO reler as configurações através do minio cliente 'mc admin service restart') 

8 – Baixe o arquivo de configuração do systemd.

# wget https://raw.githubusercontent.com/minio/minio-service/master/linux-systemd/minio.service

9 – Mova o arquivo minio.service para o diretório /etc/systemd/system.

# mv minio.service /etc/systemd/system

10 – Execute os seguintes comandos para o systemd reconhecer, habilitar e iniciar o serviço do MinIO.

# systemctl daemon-reload
# systemctl enable minio.service
# systemctl start minio.service

11 – Agora só abrir seu navegador e acessar o IP ou FQDN do servidor na porta 9001 e logar com o usuário e senha configurados no arquivos /etc/default/minio.

Pronto, MinIO instalado e configurado, no próximo post irei mostrar como podemos criar e configurar um certificado auto assinado no MinIO, e depois como podemos criar buckets, usuários e permissões.

Até o próximo post!

😀

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.