Instalando o GitLab Community Edition no CentOS 8 / Oracle Linux 8 / RHEL 8

Salve Salve Pessoal!

Neste post vou mostrar como podemos fazer a instalação do GitLab Community Edition no CentOS 8 / Oracle Linux 8 / RHEL 8.

Para quem não conhece o GitLab é um gerenciador de repositório de software GIT, mas ele não se limita apenas em armazenar e versionar seus códigos, ele é uma caixa de ferramentas da prática DevOps completa.

Nós podemos utilizar tanto a plataforma online deles como podemos fazer a instalação local de nosso próprio servidor. Existem duas versões do GitLab a versão Community EditionEnterprise Edition, a diferença entre os dois estão nas features disponíveis.

Existem diversas possibilidade de instalação do GitLab, Repositório, Docker, Kubernetes, Source e etc, para esse post vamos instalar usando o repositório oficial. Nós vamos fazer a instalação do GitLab Omnibus Package.

O Omnibus Package contém todos os recursos necessários para execução do GitLab em um único pacote(PostgreSQL, Ruby, Go, Nginx, Git e etc), é a maneira mais fácil de instalar e configurar e também é a maneira recomendada pela própria GitLab.

Acesse o link abaixo para ter acesso aos detalhes do Omnibus Package.

https://docs.gitlab.com/omnibus/

Os requisitos para instalação vão variar de acordo com a quantidade de usuários e quantidade de features que você deseja habilitar, mas para começar o indicado é pelo menos 8 GB de Mémoria RAM e 1 Processador com 2 Cores.

Acesse o link abaixo para ter acesso a mais detalhes dos requisitos de instalação.

https://docs.gitlab.com/ce/install/requirements.html

Para maiores informações sobre o GitLab acessem os links abaixo:

https://about.gitlab.com/

https://about.gitlab.com/install/ce-or-ee/

https://about.gitlab.com/features/

Agora vamos ao que interessa! 😀

1 – Vamos fazer a instalação das dependências, execute o comando abaixo.

# dnf install -y curl policycoreutils openssh-server postfix

2 – Agora vamos iniciar e habilitar o ssh e postfix para iniciar junto com o sistema operacional.

# systemctl enable sshd
# systemctl start sshd
# systemctl enable postfix
# systemctl start postfix

3 – Vamos configurar as regras de firewall, para permitir as conexões na porta 80(HTTP), 443(HTTPS) e 22(SSH).

# firewall-cmd --permanent --add-service=http
# firewall-cmd --permanent --add-service=https
# firewall-cmd --permanent --add-service=ssh
# firewall-cmd --reload

4 – Agora vamos configurar o repositório do GitLab.

# curl https://packages.gitlab.com/install/repositories/gitlab/gitlab-ce/script.rpm.sh | sudo bash

5 – E agora vamos instalar o GitLab

# dnf install -y gitlab-ce

Como estamos fazendo a instalação do GitLab Omnibus Package o pacote do GitLab é um pouco grande e pode demorar um pouco dependendo da sua internet.

Se tudo der certo seu terminal ficará como está a imagem abaixo:

6 – Agora precisamos configurar a URL de acesso, edite o arquivo /etc/gitlab/gitlab.rb.

# vim /etc/gitlab/gitlab.rb

Altere a linha external_url ‘http://gitlab.example.com’ para a URL desejada, como no exemplo abaixo.

external_url 'http://gitlab.rodrigolira.lab'

OBS: Não esqueça de criar a entrada para o GitLab em seu DNS.

7 – Agora precisamos executar o comando abaixo para o GitLab reconfigurar a URL internamente.

# gitlab-ctl reconfigure

8 – Depois de reconfigurar o acesso web já vai estar disponível, quando você abrir o GitLab em seu navegador será solicitado criar uma senha.

9 – Agora só fazer o login com usuário root e a senha que você criou.

Pronto, GitLab instalado e configurado!

Pretendo fazer outros posts sobre o GitLab, mostrando como podemos configurar e habilitar as features do mesmo.

Até o próximo post!

😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.